Pular para o conteúdo principal

SEGREDO REVELADO ! TEORIA ENVOLVENDO MICHAEL JACKSON E SONIC É VERDADEIRA

Segredo revelado! Teoria envolvendo Michael Jackson e Sonic é verdadeira

27 de janeiro de 2016

Neste ano a morte de Michael Jackson completará sete anos — sim, o tempo voa! — e alguns segredos da carreira do músico ainda seguem incógnitos. Mas um deles caiu na boca do povo depois de muita especulação.
Trata-se da participação do Rei do Pop na construção da trilha sonora de um dos jogos mais famosos de todos os tempos. E o que era apenas especulação virou realidade: Michael participou sim da trilha sonora de Sonic 3, da Sega.
A teoria começou a rolar ainda com o músico vivo, em 2003, nos primórdios de fóruns da internet. Nunca havia, no entanto, sido confirmada de maneira oficial. Mas matéria de Todd van Luling publicada no Huffington Post mostra que a Sega e o Rei do Pop tiveram um laço oficial.
A história aconteceu de maneira bem informal. Michael visitou a Sega em uma noite de 1993 e recebeu o convite inusitado de um dos produtores de Sonic. Devido ao bom relacionamento com a produtora, que havia lançado três anos antes Moonwalker, o jogo do próprio astro, o pedido foi prontamente aceito.
A participação, no entanto, virou segredo por conta de problemas pessoais de Michael. Naquele mesmo ano, ele seria acusado de abusar sexualmente de um adolescente, justamente o público-alvo de Sonic. A Sega, então, por motivos comerciais, resolveu omitir o nome do Rei do Pop dos créditos do game.
Mas essa é a teoria de Todd. Brad Buxter, produtor que confirmou a participação de Michael Jackson, diz que o próprio músico vetou a aparição de seu nome. Isso porque o Rei do Pop havia julgado que as músicas tinham perdido qualidade na compressão do cartucho e, por isso, ficou insatisfeito com o trabalho.


Quando for jogar Sonic 3 de novo, agora, saiba: o jogo tem o dedo de um dos maiores músicos de todos os tempos e isso não é teoria da conspiração. No vídeo abaixo, após o último chefão, a música que toca foi criada por Michael, confira:


Fonte:https://br.noticias.yahoo.com/segredo-revelado-teoria-envolvendo-michael-163943201.html

Postagens mais visitadas deste blog

AS GRANDES PARCERIAS DE JOHN LENNON NO "ALÉM-BEATLES"

As grandes parcerias de John Lennon no “além-Beatles”Como compositor, John Lennon levou Elton John e David Bowie ao topo das paradas. Como músico, ele conseguiu se entrosar com Frank Zappa e Chuck Berry, e “brincou” de supergrupo com Eric Clapton, Keith Richards e Mitch Mitchell. Na conta de encontros musicais “além-Beatles” de Lennon ainda consta o baterista do Yes Alan White e a eterna companheira, musa e parceira de composição Yoko Ono. A seguir, conheça as grandes colaborações de Lennon ao se excetuar o trabalho dele nos Beatles.

Por Lucas Brêda
As grandes parcerias de John Lennon no “além-Beatles” Yoko Ono

A mais frutífera parceria de John Lennon depois de Paul McCartney é também a mais polêmica delas. Detestada por ex-integrantes, produtores e engenheiros de som dos Beatles (e basicamente boa parte do resto do mundo), Yoko Ono não só deu nome à principal banda que acompanhou Lennon em carreira solo (a Plastic Ono Band) como dividiu a autoria de canções como “Oh My Love” (Imagine), “…

PAUL MCCARTNEY : O MAIOR POPSTAR DO MUNDO

Foto de divulgação

Paul McCartney: o maior popstar do mundo

A maior noção da história do rock é a de que “tudo começou com Elvis” (Presley). Primeiro ídolo e pai do rock’n’roll, Elvis ficou para a história mais pelo ícone que representa do que pela música em si. Apaixonados por Elvis, como todos que começaram a fazer música estimulados pelo nascimento do rock’n’roll, os Beatles tornaram-se mito ainda nos anos 1960 – com seu denso trabalho autoral, numa discografia consideravelmente longa para seus meros oito anos de atividade no mercado fonográfico.

Se John Lennon era a alma dos Beatles, Paul McCartney era a música. E é com isso que há quase 50 anos o inglês James Paul McCartney encanta platéias mundo afora. Considerado o mais musical dos Beatles, e o mais melodioso da dupla Lennon & McCartney, Paul é responsável por inúmeras das maiores pérolas da banda. Em brilhante carreira solo há exatos 40 anos, desde o fim dos Beatles, Paul acumula extensa discografia – que inclui todos os dis…

24 ÁLBUNS PRA MANJAR MAIS QUE O SUFICIENTE SOBRE POST-ROCK

24 álbuns pra manjar mais que o suficiente sobre post-rockTudo o que era pra ser rock, mas não é
A história do gênero começou entre o finalzinho dos anos 80 e começo dos anos 90 e, como qualquer estilo, teve altos e baixos. De um tempo pra cá, no entanto, voltou a pipocar nos fones alheios, principalmente por causa de serviços como o Spotify, que disponibilizou várias playlists de post-rock. Meus amigos, por exemplo, adoram ouvir o som enquanto trabalham, embora não saibam exatamente o que estão ouvindo. Devo ter deixado, por descuido e não por maldade, alguns nomes importantes fora da lista. IsisMONO65daysofstatic e outros tantos. Por isso convido você a acrescentar outras bandas nos comentários. Com certeza será bem enriquecedor pra mim e para os outros leitores. Comecemos então definindo o que é post-rockO termo foi utilizado pela primeira vez em março 1994, batizado pelo jornalista Simon Reynolds, na resenha do álbum Hex, da banda Bark Psychosis, para a revista britânica Mojo. Doi…