Pular para o conteúdo principal

OS NOVE MAIORES ÁLBUNS DE ROCK DA HISTÓRIA

Beatles

Os nove maiores álbuns de rock da história  

Para se chegar ao resultado fiz uma compilação de listas publicadas por sites, jornais, revistas e suplementos culturais especializados em música. O objetivo da pesquisa era identificar, baseado nestas listas, quais eram os mais importantes discos de rock de todos os tempos. Participaram do levantamento o canal de música VH1, os jornais “The Guardian” e “The Telegraph”, os sites “NPR Music”, “All­Music”, “Aol Music” e “Amazon”, e as revistas “Slate” e “Rolling Stones”. Eis, em or­dem classificatória, os nove álbuns selecionados.

Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band — Beatles

 Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band
Lançado em junho de 1967 pela Parlophone Records, na Inglaterra, e pela Capitol, nos Estados Unidos, “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” é o oitavo álbum lançado pe­los Beatles e o mais influente da história da mú­si­ca. Ocupa a 1ª posição na lista dos 200 álbuns definitivos do Ro­ck and Roll Hall of Fame, que relaciona os melhores álbuns já produzidos em toda a história da música de acordo com os critérios da National As­so­ciation of Recording Merchandisers. E a 1ª posição da lista dos 500 Greatest Albums of All Time, da revista “Rolling Stone”.
Clique para ouvir.

Dark Side of the Moon — Pink Floyd

Dark Side of the Moon
Lançado em março de 1973 pela Harvest Records, na Inglaterra, e pela Capitol, nos Estados Unidos, “Dark Side of the Moon” é considerado a obra-prima da banda de rock inglesa Pink Floyd. Marco do rock progressivo é o álbum que ficou por mais tempo na Billboard 200, tendo permanecido 795 semanas consecutivas. O álbum ocupa a 2ª posição na lista dos 200 álbuns definitivos do Rock and Roll Hall of Fame, e a 43ª posição da lista dos 500 Greatest Albums of All Time, da revista “Rolling Stone”.
Clique para ouvir.

Nevermind — Nirvana

Nevermind
Lançado em março de 1991 pela DGC Records, “Nevermind” é o segundo álbum de estúdio da banda norte-americana Nirvana. Estima-se que o álbum tenha vendido mais de 30 milhões de cópias. A capa, um bebê nadando atrás de uma nota de 1 dólar presa num anzol, foi eleita como a melhor capa de todos os tempos. “Nevermind” ocupa a 10ª posição na lista dos 200 álbuns definitivos do Rock and Roll Hall of Fame, e a 17ª posição da lista dos 500 Greatest Albums of All Time, da revista “Rolling Stone”.
Clique para ouvir.

Are You Experienced — The Jimi Hendrix Experience

Are You Experienced
Lançado em maio de 1967 pela Track Records, “Are You Experienced” é o álbum de estreia do The Jimi Hendrix Experience e possivelmente o maior disco de estreia da era do rock. O The Jimi Hendrix Experience era formado por Jimi Hendrix na guitarra, Mitch Mitchell na bateria e Noel Redding no baixo. O álbum ocupa a 41ª posição na lista dos 200 álbuns definitivos do Rock and Roll Hall of Fame, e a 15ª posição da lista dos 500 Greatest Albums of All Time, da revista “Rolling Stone”.
Clique para ouvir.

Pet Sounds — The Beach Boys

Pet Sounds
Lançado em maio de 1966 pela Capitol Records, “Pet Sounds” é o décimo primeiro álbum de estúdio da banda de rock americana The Beach Boys. Considerado um dos discos mais influentes da música pop, o álbum traz camadas elaboradas de harmonias vocais, juntamente com efeitos de som e instrumentos não-convencionais. Em 2003, “Pet Sounds” foi classificado na 2ª posição da lista dos 500 Greatest Albums of All Time, da revista “Rolling Stone”. O álbum também ocupa a 9ª posição na lista dos 200 álbuns definitivos do Rock and Roll Hall of Fame.
Clique para ouvir.

Revolver — Beatles

Revolver
Lançado em agosto de 1966 pela Parlophone Records, “Revolver” é considerado um dos mais importantes álbuns da história da música e marca a adesão dos Beatles ao psicodelismo. O álbum, que chegou ao primeiro lugar nas paradas de sucesso americana e inglesa, ocupa a 42ª posição na lista dos 200 álbuns definitivos do Rock and Roll Hall of Fame, e a 3ª posição da lista dos 500 Greatest Albums of All Time, da revista “Rolling Stone”.
Clique para ouvir.

Exile on Main St. — Rolling Stones

Exile on Main St
Lançado em maio de 1972 pela Rolling Stones Records, “Exile on Main St.” é o décimo álbum de estúdio da banda de rock inglesa Rolling Stones. Recebido de forma negativa pela crítica, o álbum que mistura gêneros como rock, blues, soul, gospel e country music, hoje é considerado uma das obras-primas do rock. Ocupa a 6ª posição na lista dos 200 álbuns definitivos do Rock and Roll Hall of Fame, e a 7ª posição da lista dos 500 Greatest Albums of All Time, da revista “Rolling Stone”.
Clique para ouvir.

Highway 61 Revisited — Bob Dylan

Highway 61 Revisited
Lançado em agosto de 1965 pela Columbia Records, “Highway 61 Revisited” é o sexto álbum de estúdio do cantor Bob Dylan. A faixa “Like a Rolling Stone”, que abre o álbum, ocupa a 1ª posição na lista das 500 maiores canções de todos os tempos, da revista “Rolling Stone”. “Highway 61 Revisited” também ocupa a 8ª posição na lista dos 200 álbuns definitivos do Rock and Roll Hall of Fame, e a 4ª posição da lista dos 500 Greatest Albums of All Time, da revista “Rolling Stone”.
Clique para ouvir.

The Velvet Underground & Nico — The Velvet Underground

The Velvet Underground & Nico
Lançado em março de 1967 pela Verve Records, “The Velvet Underground & Nico” é o álbum de estreia da banda norte-americana The Velvet Un­der­ground, com participação de Nico (cantora, modelo e atriz, que foi sugerida por Andy Warhol quando ele se tornou empresário do banda). Embora tenha fracassado comercialmente no lançamento, “The Velvet Underground & Nico” é considerado um dos álbuns de rock mais influentes e criticamente bem-sucedidos da história da música. Ocupa a 13ª posição da lista dos 500 Greatest Albums of All Time, da revista “Rolling Stone”.
Clique para ouvir.


Fonte:http://www.revistabula.com/452-os-nove-maiores-albuns-de-rock-da-historia/

Postagens mais visitadas deste blog

PINK FLOYD LANÇA MAIS UM CLIP INÉDITO COM IMAGENS RARAS

Pink Floyd lança mais um clipe inédito com imagens raras para divulgar box especial com mais de 130 faixas; veja 'Green is the Colour'Coletânea que vai revisitar os sucessos dos sete primeiros anos da carreira da banda27/10/2016 - 17:13
Mais um, mais um, mais um! Até o dia 11 de novembro, data de lançamento do box "The Early Years, 1965 - 1972", os fãs do Pink Floyd vão ganhando aperitivos do que vem por aí na coletânea especial que vai relembrar os primeiros anos da banda. Nesta quinta-feira (27), o grupo lançou mais um clipe inédito e a faixa escolhida foi "Green is the Colour", lançada originalmente em 1969. Dá uma olhada:

O clipe mistura imagens de uma praia deserta com as da banda se apresentando no festival Pop Deux, em Saint Tropez, na França, no dia 8 de agosto de 1970. Na época, o hit bombava depois de fazer parte da trilha sonora do filme "More", de Barbet Schroeder.

Esse é o terceiro remix que o Pink Floyd libera pra divulgar o projeto. No…

BOB DYLAN : FORNECER A MEUS PENSAMENTOS FECHADOS UMA CORRENTE DE AR FRESCO...

Bob Dylan: Fornecer a meus pensamentos fechados uma corrente de ar fresco..pensando pensamentos que não foram pensados ..então juntem-se todos, procuradores gerais o mundo não passa de um tribunal,sim, mas conheço os acusados melhor que vocês e enquanto vocês se ocupam em julgá-los nós nos ocupamos em assobiar limpamos a sala de audiência varrendo varrendo escutando escutando piscando os olhos entre nós, atenção, atenção sua hora há de chagar.Publicado porlaboratoriodesensibilidades em  …não, por favor, um ladrão de almas eu construí e reconstruí sobre o que está à espera pois a areia nas praias esculpe muitos castelos no que foi aberto antes de meu tempo uma palavra, uma ária, uma história, uma linha chaves no vento para minha mente fuja e fornecer a meus pensamentos fechados uma  corrente de ar fresco não é coisa minha, sentar e meditar perdendo e contemplando o tempo

ERA TUDO HEAVY METAL FAROFA

Era tudo HeavyMetal farofa
Lá pela metade dos anos 80 apareceram bandas que traziam uma nova releitura do glam-rock. Exagerando mais ainda no visual, e um som mais pesado, do que seus modelos dos anos 70, o estilo, portanto, passou a ser chamado de glam-metal.
Enquanto o New York Dolls pareciam travestis sujos e malvados e tocavam um rock and roll de garagem, a nova turma glam estava mais para boneca barbie e lavavam os cabelos com Grecin 2000 – daí o termo Hair Metal, na verdade um termo depreciativo. O pessoal do Trash Metal tachava-os de posers ou falso-metal. Bobagem! A música muitas vezes não passava de um Hard Rock pomposo, com muitas power ballads.
Por outro lado, desenvolveu-se nesse meio um outro subgênero o Pop-Metal - bandas com visual menos andrógino e com letras visando menos sexo, bebedeiras e festas. Talvez a banda que melhor traduz esse estilo seja os ingleses do Def Leppard. Eles começaram com uma pegada bem New Wave of British Heavy Metal (NWBHM), mas, aos poucos, foram…