Pular para o conteúdo principal

DAVID BOWIE GANHA VERSÃO EXCLUSIVA E PROGRAMAÇÃO ESPECIAL NO MIS


reprodução
reprodução

Entre os figurinos presentes na exposição “David Bowie” no MIS, está o macacão de vinil (Tokyo Pop) assinado por Kansai Yamamoto, usado no álbum “Aladdin Sane” (1973)

“David Bowie” ganha versão exclusiva e programação especial no MIS

O público pode ver objetos pessoais, figurinos, manuscritos, desenhos, registros de fotografias e vídeos e ainda curtir atrações como karaokê e mostra de cinema sobre o artista britânico


“Let’s Dance” no MIS ao som de David Bowie! O museu abre as portas aos fãs do astro que querem conhecer sua história e ver bem de perto objetos, figurinos, registros de fotografias e vídeos que marcaram seus quase 50 anos de carreira. A exposição “David Bowie” é organizada pelo Victoria and Albert Museum (V&A) de Londres e, pela primeira vez, pode ser vista na América Latina. Em cartaz entre 31 de janeiro e 20 de abril, tem ingressos a R$ 10. Às terças-feiras, a entrada é Catraca Livre.
“Foram muitos anos de dedicação e trabalho duro para tornar essa exposição uma realidade. Acredito que a reação do público vá ser a mesma dos londrinos com a exposição aqui no Brasil”, comentou Beth McKillop, uma das diretoras do V&A, museu que recebeu cerca de 250 mil pessoas durante a mostra em Londres.



O Catraca Livre foi conferir os cerca de 300 itens que compõem a exposição e chegou à conclusão de que é preciso ver tudo isso com os próprios olhos para entender a grandiosidade desse camaleão do rock. Logo na entrada, o visitante lê um aviso para não esquecer de pegar o fone, porque “ele é fundamental para ter uma experiência sensorial completa” – já bate aquele friozinho na barriga, aquela expectativa. E é verdade. Com o fone, é possível mergulhar no “universo Bowie” em cada espaço temático sem qualquer interferência. São inúmeros personagens e performances lendárias do astro para ver e ouvir intensamente.
Ao mesmo tempo em que é possível acompanhar suas influências artísticas e experiências com o surrealismo, o expressionismo alemão, a mímica e o teatro Kabuki, a exposição também revela intimidades de seu processo criativo e como sua obra influenciou diversos movimentos artísticos. “Bowie é internacional, global e ‘very british’”, brincou Alex Ellis, embaixador do Reino Unido.
Para completar, a mostra no Brasil tem, com exclusividade, um karaokê que o MIS montou para quem quiser soltar a voz e cantar grandes sucessos do cantor, como “Let’s Dance”, “Life on Mars?” e “Heroes”, hits que alavancaram as vendas de seus álbuns, atualmente na marca de 140 milhões.


E ainda vem muita coisa por aí! Durante o período expositivo, a programação paralela do MIS será inspirada na mostra. O museu promete oferecer uma extensa programação relacionada a David Bowie, incluindo os programas regulares, como a festa Green Sunset, o Cinematographo e o Estéreo MIS. O público ainda será presentado com mostra cinematográfica composta por todos os filmes de que o artista participou. 
Abaixo, para entrar no clima, assista ao videoclipe do clássico “Let’s Dance”, do álbum homônimo de 1983:


Postagens mais visitadas deste blog

PINK FLOYD LANÇA MAIS UM CLIP INÉDITO COM IMAGENS RARAS

Pink Floyd lança mais um clipe inédito com imagens raras para divulgar box especial com mais de 130 faixas; veja 'Green is the Colour'Coletânea que vai revisitar os sucessos dos sete primeiros anos da carreira da banda27/10/2016 - 17:13
Mais um, mais um, mais um! Até o dia 11 de novembro, data de lançamento do box "The Early Years, 1965 - 1972", os fãs do Pink Floyd vão ganhando aperitivos do que vem por aí na coletânea especial que vai relembrar os primeiros anos da banda. Nesta quinta-feira (27), o grupo lançou mais um clipe inédito e a faixa escolhida foi "Green is the Colour", lançada originalmente em 1969. Dá uma olhada:

O clipe mistura imagens de uma praia deserta com as da banda se apresentando no festival Pop Deux, em Saint Tropez, na França, no dia 8 de agosto de 1970. Na época, o hit bombava depois de fazer parte da trilha sonora do filme "More", de Barbet Schroeder.

Esse é o terceiro remix que o Pink Floyd libera pra divulgar o projeto. No…

BOB DYLAN : FORNECER A MEUS PENSAMENTOS FECHADOS UMA CORRENTE DE AR FRESCO...

Bob Dylan: Fornecer a meus pensamentos fechados uma corrente de ar fresco..pensando pensamentos que não foram pensados ..então juntem-se todos, procuradores gerais o mundo não passa de um tribunal,sim, mas conheço os acusados melhor que vocês e enquanto vocês se ocupam em julgá-los nós nos ocupamos em assobiar limpamos a sala de audiência varrendo varrendo escutando escutando piscando os olhos entre nós, atenção, atenção sua hora há de chagar.Publicado porlaboratoriodesensibilidades em  …não, por favor, um ladrão de almas eu construí e reconstruí sobre o que está à espera pois a areia nas praias esculpe muitos castelos no que foi aberto antes de meu tempo uma palavra, uma ária, uma história, uma linha chaves no vento para minha mente fuja e fornecer a meus pensamentos fechados uma  corrente de ar fresco não é coisa minha, sentar e meditar perdendo e contemplando o tempo

ANDRÉ RIEU & JERMAINE JACKSON - SMILE(SORRIA) - HOMENAGEM COMOVENTE A MICHAEL JACKSON (VÍDEO)

André Rieu & Jermaine Jackson - Smile
Smile Michael Jackson Compositor: John Turner, Geoffrey Parsons & Charles Chaplin

Smile Smile Though your heart is aching Smile Even though it's breaking When there are clouds in the sky You'll get by
If you smile With your fear and sorrow Smile and maybe tomorrow You'll find that life is still worthwhile If you just
Light up your face with gladness Hide every trace of sadness Although a tear may be ever so near That's the time you must keep on trying Smile What's the use of crying? You'll find that life is still worthwhile If you just
Smile Though your heart is aching Smile Even though it's breakin' When there are clouds in the sky You'll get by
If you smile Through your fear and sorrow Smile and maybe tomorrow You'll find that life is still worthwhile If you just smile